Apostemos pelo Futuro das Universidades de Moçambique

No passado dia 12 de junho, entregamos vários paletes com equipamentos de laboratório à Universidade SAVE. Este material foi doado pela Universidade Complutense de Madrid e, devido à falta de meios, a Khanimambo facilitou o transporte até Moçambique, oferecendo parte do contêiner que enviamos anualmente.

Fomos recebidos pela Reitora, Dra. Catarina Tivane, e pelo Diretor Acadêmico, Dr. Nelpódio Miranda. Também nos receberam o Diretor de Patrimônio e Desenvolvimento de Infraestruturas, Dr. Américo Mahumane, o Diretor da Faculdade de Medicina Veterinária, Dr. Simião Balane, e o Dr. Egídio Nhavene, Biólogo e docente na mesma faculdade.

Conversamos sobre as dificuldades financeiras que a universidade enfrenta e como isso os afeta, pois não conseguem enviar a Moçambique doações como as que entregamos hoje. Também discutimos a importância de manter uma relação fluida, de modo que a Fundação Khanimambo possa beneficiar-se de algumas facilidades na inscrição de alunos e alunas da Academia Xipfundo.

Comprometemo-nos a trabalhar nesta opção conforme a lei e com todas as garantias legais, dentro do quadro que a própria Universidade já dispõe para assinar memorandos de entendimento com organizações sem fins lucrativos.

É desta forma que estabelecemos sinergias com as instituições locais para garantir que os jovens que demonstram interesse e resultados possam continuar estudando e desenvolvendo suas habilidades acadêmicas, mesmo quando faltam recursos pessoais ou familiares.